Saiu! No dia 5 de julho, foi publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais o edital para o concurso da Polícia Civil. O certame visa o provimento de 119 vagas para o cargo de Escrivão de Polícia I, sendo 107 em ampla concorrência e 12 para candidatos com deficiência. Remuneração inicial acima de 4 mil reais.

O concurso é organizado pela FUMARC – Fundação Mariana Resende Costa, bem como pela ACADEPOL – Academia de Polícia Civil de Minas Gerais. O período de inscrições iniciou no dia 12 de setembro e encerra às 23h (horário de Brasília) do dia 22 de outubro de 2018. A taxa de inscrição para o concurso é de R$160,00.

 

A publicação do edital é aguardada por concurseiros de todo o país. Os cargos são voltados para profissionais com curso superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

 

A Polícia Civil de Minas Gerais é um órgão da Secretaria de Segurança do Estado e faz parte do Poder Executivo Estadual. Sua principal atribuição é dar efetividade às decisões judiciais relacionadas à investigação criminal, assim como apurar as infrações penais e a sua autoria por meio da investigação policial.

 

Veja abaixo mais informações do edital e inscrições para o Concurso PC-MG 2018:

 

1 – Por que está previsto um novo Concurso Polícia Civil MG em 2018?

O último concurso realizado pela instituição para o cargo foi em 2011. Na época, foram abertas 205 vagas. Porém, o órgão enfrenta um déficit de 50% de servidores, entre investigadores e escrivães, de acordo com o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais.

 

Para não perder nenhuma oportunidade, você pode começar a usar agora mesmo o Alerta de Vagas, com essa ferramenta você será informado em tempo real quando este e outros editais do seu interesse forem abertos. Saiba mais aqui.

 

2 – Para quais cidades está previsto o Concurso da Polícia Civil MG 2018?

O certame visa o preenchimento das vagas existente nas cidades do interior do Estado, conforme necessidade da administração.

3 – Salário e benefícios de trabalhar na Polícia Civil MG

A remuneração inicial para o cargo, conforme previsto no edital, é de R$ 4.098,39, além de outros benefícios possíveis, como o adicional de desempenho e o prêmio por produtividade, conforme determinado na Lei Complementar nº 129 de 2013.

Os servidores nomeados para o cargo de Escrivão Policial iniciam a carreira ocupando o padrão I e, de acordo com o desempenho das atribuições, são promovidos e progridem até alcançarem a classe especial, conforme Lei Complementar que regulamenta a Polícia Civil no estado.

Os critérios para progressão e promoção na carreira estão regulamentados pelo Decreto 46549, de 27/06/2014.

 

4 – Quem pode participar do concurso da Polícia Civil MG?

De acordo com o edital, os requisitos para a carreira de Escrivão de Polícia Civil são:

  • Ter sido aprovado, classificado, em ordem decrescente de pontuação, e nomeado na forma estabelecida no Edital.
  • Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da posse.
  • Ser brasileiro nato, naturalizado ou, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto da Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do artigo 12, §1º, da Constituição Federal.
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também, com as militares.
  • Estar em pleno exercício de seus direitos civis e políticos.
  • Possuir curso superior estabelecido como pré-requisito, a ser comprovado mediante a entrega de cópia autenticada do diploma ou certidão expedida por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, na data da posse.

5 – Atribuições do cargo de Escrivão Polícia Civil MG

Os Escrivães de Polícia Civil trabalham na elaboração dos inquéritos policiais, registrando declarações, depoimentos e informações que possam auxiliar na investigação de infrações penais.

Além disso, realizam a gestão do cartório policial e assessoram o Delegado de Polícia quanto aos prazos,  técnicas e formalidades legais dos procedimentos de polícia judiciária.

 

6 – A banca Organizadora do Concurso Polícia Civil MG 2018

A FUMARC é conhecida no Estado de Minas Gerais, pois realiza diversos concursos na região, como o último concurso para Escrivão de Polícia e o concurso para a Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais.

De acordo com o blog o da professora Flávia Rita, a banca não pode ser considera difícil, se comparada com CESPE, Fundação Carlos Chagas e ESAF, pois normalmente cobra dos candidatos a letra fria da lei, perguntas objetivas e diretas.

 

No blog da professora também é possível encontrar 5 dicas para dominar a prova, vale a pena conferir:

 

7 – Etapas do Concurso Polícia Civil MG 2018

O Concurso Polícia Civil MG 2018 será realizado com as seguintes etapas:

  • Provas de Conhecimentos Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova de Digitação, de caráter eliminatório;
  • Exames Biomédicos e Biofísicos, de caráter eliminatório;
  • Provas de Títulos, de caráter classificatório;
  • Investigação Social, de caráter eliminatório;

Prova de Conhecimentos

A prova de conhecimentos, de caráter eliminatório e classificatório, será realizada em Belo Horizonte e terá duração mínima de 2h e máxima de 4h, sendo provavelmente aplicada no dia 2 de dezembro de 2018.

A primeira etapa constará de 60 questões de múltipla-escolha, cada uma com quatro alternativas de respostas, existindo apenas uma resposta correta, que serão assim divididas pelas matérias:

  1. a) 06 questões de Direitos Humanos.
  2. b) 20 questões de Língua Portuguesa.
  3. c) 05 questões de Noções de Criminologia.
  4. d) 10 questões de Noções de Direito.
  5. e) 14 questões de Noções de Informática.
  6. f) 05 questões de Noções de Medicina Legal.

Cada questão da Prova Objetiva valerá 1 ponto. Será considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que obtiver o mínimo de 60% das respostas corretas. Será eliminado do certame o candidato que obtiver nota inferior ao equivalente a 20% das questões em qualquer uma das matérias descritas.

Prova Prática de Digitação

Somente serão convocados para a Prova Prática de Digitação os 714 candidatos de melhor pontuação habilitados na Prova de Conhecimento Objetiva, dentre estes já incluídos os 72 candidatos com deficiência. Todos os candidatos de mesma nota na posição 642º para os candidatos de ampla concorrência, e na posição 72º para os candidatos com deficiência, serão convocados para submeterem à Prova Prática de Digitação.

A Prova Prática de Digitação, de caráter unicamente eliminatório, será realizada em Belo Horizonte, sendo aplicada no período provável de 04 de fevereiro de 2019 a 07 de fevereiro de 2019.

Os critérios para realização da Prova Prática de Digitação são:

Ao ocupar seu local de prova, o microcomputador estará ligado e permitido acesso apenas ao Editor de textos Writer/LibreOffice 6 ou superior. Será utilizada a versão do Writer/LibreOffice 6 ou superior para a realização da prova de digitação.

Avaliação Psicológica

A Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório, tem como objetivo avaliar o candidato nos seus aspectos de inteligência, aptidões específicas e características de personalidade adequadas ao exercício profissional, apuradas por meio de instrumentos objetivos da Psicologia, em processo supervisionado e coordenado pelo Setor de Psicologia da Divisão Psicopedagógica da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais de acordo com o inciso XV e §§ 4o e 5o do art. 36 da Lei Complementar no 129/2013.

Serão convocados para a Avaliação Psicológica os 357 candidatos de melhor pontuação na Prova de Conhecimentos Objetiva dentre estes já incluídos os 36 candidatos com deficiência, se existentes, obedecida a ordem decrescente de classificação.

Os requisitos do perfil psicológico, traçados pelo Setor de Psicologia da Divisão Psicopedagógica da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais, necessários ao exercício do cargo de Escrivão de Polícia I, referem-se à inteligência, aptidão e personalidade estruturada, ou seja, ajustamento do indivíduo em seu ambiente, seu modo habitual de comportar-se e de resistir com equilíbrio às adversidades e/ou às pressões do cotidiano.

Exames Biomédicos e Biofísicos, de caráter eliminatório

Serão convocados para a etapa dos Exames Biomédicos e Biofísicos os candidatos não eliminados na fase da Avaliação Psicológica.

Os testes de capacidade física, de caráter eliminatório, serão realizados através de 04 modalidades devendo os candidatos obterem, para aprovação, o índice mínimo de 40% dos pontos distribuídos.

As modalidades são:

  • Flexão de braço
  • Agilidade e Coordenação Motora
  • Corrida de 50 metros rasos
  • Teste de Cooper

As especificações sobre os pontos podem ser conferidas na íntegra no edital.

Prova de Títulos

O candidato aprovado nas Provas de Conhecimentos Objetiva, na Prova Prática de Digitação e convocado para a Avaliação Psicológica deverá apresentar títulos comprobatórios de seus conhecimentos, em data oportunamente publicada no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais e divulgada nos endereços eletrônicos www.fumarc.com.br e acadepol.policiacivil.mg.gov.br, bem como disponibilizada no Quadro de Avisos disposto no hall principal da sede da ACADEPOL. Os Títulos somente serão julgados e computados os seus pontos obedecendo rigorosamente a ordem de execução das etapas. A prova de Títulos terá caráter classificatório e terá valor máximo de 05 pontos.

Constituirão Títulos, para esse efeito, observados os seguintes critérios:

a) diploma de Curso Superior, excetuado o diploma referente ao curso que será usado para nomeação no cargo de Escrivão de Polícia I, expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido: 02 pontos;

b) diploma de curso de pós-graduação, expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido a saber:

lato sensu – Especialização: 02 pontos.

stricto sensu – Mestrado: 03 pontos.

stricto sensu – Doutorado: 04 pontos.

c) certificado de conclusão de curso de natureza policial da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais, ou congênere, com carga horária igual ou superior a 80 horas/aula: 01 ponto para cada curso de natureza policial diferente, até o limite de 03 pontos.

 

Investigação Social

A investigação social, de caráter eliminatório, será procedida pela Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, entre os candidatos não eliminados nas etapas anteriores. Esta etapa tem como objetivo verificar se o candidato ao cargo de Escrivão de Polícia I apresenta idoneidade moral e conduta compatíveis com as responsabilidades do cargo.

Serão analisados fatores como:

a) prática de ato tipificado como ilícito penal;

b) prática, em caso de servidor público, de transgressões disciplinares;

c) prática de ato que possa importar em repercussão social de caráter negativo ou comprometer a função de segurança e confiabilidade da Instituição Policial;

d) dependência química (drogas lícitas e/ou ilícitas).

 

Quer suporte na Investigação Social? Assinando o Alerta de Convocação, você ganha o apoio do advogado online neste momento decisivo da aprovação.

8 – Matérias que caem no Concurso Polícia Civil MG 2018

As matérias que exigidas no certame são as seguintes:

  • Programa de Direitos Humanos

 

  • Programa de Língua Portuguesa

 

 

  • Programa de Noções de Criminologia

 

 

  • Programa de Noções de Direito

 

 

  • Programa de Noções de Informática

 

 

  • Programa de Noções de Medicina Legal

Para ver os conteúdos completos, acesse o edital

 

9 – Informações Sobre os Últimos Concursos da Polícia Civil MG

Em 2011 e em 2014, a Polícia Civil, através da FUMARC, realizou o último concurso visando o provimento de 205 vagas para o cargo de Escrivão, bem como o concurso para o cargo de Inspetor de Polícia, respectivamente. Do total de vagas oferecidas na última prova de Escrivão, 184 foram destinadas para o público em geral e 21 foram destinadas aos candidatos portadores de deficiência aprovados.

 

Os candidatos deveriam ter diploma de graduação em curso de nível superior em qualquer área de formação e a remuneração naquele certame era de R$2.041,72, para uma jornada de 40h semanais.

 

10 – Editais, Provas, Gabaritos e Curso para estudar para o concurso Polícia Civil MG 2018

Como o concurso já está em andamento, é muito importante que os candidatos treinem seus conhecimentos através de provas passadas, pois é melhor maneira de conhecer o perfil da banca. Faça o Download dos arquivos abaixo para começar a se preparar:

 

Concurso Polícia Civil MG 2011 ⇓Edital ⇓Prova tipo I ⇓Prova tipo II ⇓Gabaritos

Curso

 

11 – Como estudar para o Concurso Polícia Civil MG 2018?

O prazo até a realização do concurso é curto. Portanto, o estudante deve ter foco total nos conteúdos discriminados no edital.

Um fator que garante boas chances para os concurseiros é um plano de estudos bem estruturado. O Coach de Concursos  oferece acompanhamento individual e completo para quem busca um bom desempenho na prova. O Coach Alessandro Marques desenvolveu uma metodologia específica para treinar e capacitar concurseiros para provas específicas.

Quem assina o Alerta de Vagas, tem acesso a materiais de apoio gratuitos preparados pelo Coach, além de outros conteúdos exclusivos para auxiliar na preparação.

 

12 – Inscrições para o Concurso Polícia Civil MG 2018

As inscrições devem ser realizadas pelo site da Fumarc, até às 23h (horário de Brasília) do dia 22 de outubro de 2018. O valor da inscrição é R$ 160.

 

13 – Resumo

Concurso: Polícia Civil do Estado de Minas Gerais

Banca organizadora: FUMARC e ACADEPOL-MG

Cargos: Escrivão de Polícia I

Carga horária: 40h semanais

Regime de contratação: Estatutário

Taxa de inscrição: R$ 160,00

Escolaridade: Superior

Estados: Minas Gerais

Número de vagas: 119

Salário: R$ 4.098,39 líquido + benefícios

Situação: Edital publicado

Edital: https://acadepol.policiacivil.mg.gov.br/uploads/Image/Portarias/Concurso%202018/Edital_Escrivao_2018_IOF.pdf

 

 

Escreva um comentário